caderno-de-cinema

Home » Artigos » Caderno de Cinema – 2 anos

 

por Fausto Junior
 

Lançado às 8:42h do dia 17 de abril de 2012, o Caderno de Cinema é um blog do signo de Touro com ascendente em Áries. Ao nascer pesava 633 Kb.

Pai: Jorge Alfredo Guimarães.
Mãe: podemos dizer que é a própria Internet, também conhecida como dona Web.

Meu papel foi trazer o jovem Caderninho ao mundo, configurando o modelo adotado em plataforma WordPress, instalando plugins e compondo o layout das primeiras postagens. Hoje é o próprio Jorge Alfredo quem prepara e edita as publicações. Ficou independente. De vez em quando ainda cumpro a função de padrinho e ajeito algum problema.

NÚMEROS
Ao longo destes 24 meses o Caderno de Cinema recebeu cerca de 130 mil visitas (média de 240 por dia), 200 mil leituras de páginas, sem investimento em anúncios, sem gatilhos, apenas com a divulgação feita por Jorge Alfredo no braço. Em suas telas foram publicados 432 artigos, desde textos escritos exclusivamente para o Caderno a entrevistas veiculadas em outros meios há 20 ou 30 anos. 184 colaboradores escreveram para ele, ou cederam textos pré-existentes, ou foram entrevistados e vieram parar em suas páginas.

Não vou contabilizar qual o texto mais longo ou o mais curto, qual o artigo mais visitado e o de menor audiência, quem escreveu maior quantidade de matérias (depois de Jorge Alfredo) . Mais importante que os números é o conteúdo. As questões abertas, os fatos e personagens rememorados, a história que se resgata ou que se constrói. O Caderno é feito por muitos, em verso, prosa e imagens.

Sendo impraticável enumerar todos os leitores, vamos comemorar o segundo aniversário do Caderno de Cinema com uma lista de colaboradores que tiveram seus textos ou depoimentos publicados. Se faltou alguém, por favor avise.

Feliz aniversário ao Caderno de Cinema e vamos em frente!

 

 

Um Comentário...

  1. […] edições comemorativas (exceto o 1º aniversário, que passou batido) falamos sobre números (em 2014); sobre a primeira edição impressa (em 2015); e sobre artigos que traziam o tema cinema e […]

Deixe um comentário