caderno-de-cinema

Home » Notícias » Cuíca na TV

 

 

A história do poeta mais temido da Bahia

 

Dirigido por Joel de Almeida e Josias Pires, o registro conta a trajetória do controverso e irreverente Cuíca de Santo Amaro (1907 – 1964), poeta popular, repórter e propagandista baiano. Considerado pelo escritor Jorge Amado como o “Trovador da Bahia”, inspirou a criação do personagem Curió, presente em A Morte e a Morte de Quincas Berro D’Água e Pastores da Noite.

Lenda da cidade de Salvador (BA), onde atuou intensamente, produzia livretos que noticiavam fatos recentes do local, revelando em praça pública histórias escabrosas e até mesmo segredos de personalidades do governo. Escândalos envolvendo morte, sexo e política eram anunciados de forma misteriosa e divertida, fazendo de sua obra um legado irônico e muitas vezes picante da sociedade baiana, ainda impregnada de preconceitos.

O filme, fruto de seis anos de pesquisa, conta a vida de Cuíca a partir da memória de pessoas que com ele conviveram, imagens de arquivo de Salvador e do Recôncavo, recursos de animação e uma locução apoiada nos versos dos folhetos redigidos por ele. Captado nas ruas por onde o trovador costumava circular entre 1925 e 1964, o título ainda dispõe de fotos e imagens do retratado no longa- metragem A Grande Feira (1961), de Roberto Pires.

Com uma narrativa baseada no seu comportamento performático, o documentário apresenta esse ícone ímpar, de características contraditórias, criador de uma poesia livre, popular e, muitas vezes, perigosa. Temido pelos políticos e admirado pelo povo, Cuíca de Santo Amaro pode ter sido o maior comunicador da Bahia.

Selecionado em 2012 no Festival É Tudo Verdade, Festival de Cinema Latino-americano e Caribenho de Margarita (Venezuela), CachoeiraDoc e pelo projeto Cinema no Telhado (Angola), do Instituto Goethe, a produção ainda foi exibida, no ano seguinte, na Mostra de Cinema de Tiradentes.

Segunda, dia 07/07, às 22h e domingo, dia 13/07, às 13h30.

https://www.youtube.com/watch?v=GNwLaP_Gf9k

 

Deixe um comentário